Cinco ingredientes naturais para a prática esportiva.

Posted by Larissa Gelfuso 06/12/2018 0 Comment(s)

O uso de recursos ergogênicos na prática esportiva é cada vez mais comum na rotina das pessoas, especialmente quando se fala em performance esportiva. Diferentes tipos de suplementos são comercializados, atualmente, apresentando múltiplas aplicabilidades.

Os produtos plant based estão crescendo no mercado de suplementos esportivos. As especiarias e ervas naturais são escolhidas como componentes destes produtos, especialmente pela alta carga de fitoquímicos e nutrientes que promovem efeitos no organismo, também importantes para o desempenho no esporte. Confira 5 delas:

Beterraba
A beterraba é um alimento rico em uma substância chamada nitrato, principal precursor na síntese de óxido nítrico no organismo. Caracterizado como um gás molecular, o óxido nítrico é responsável por promover a vasodilatação, efeito que aumenta o calibre dos vasos sanguíneos, assim, promovendo maior oferta de nutrientes e oxigênio aos tecidos, sobretudo, o muscular. É importante seu consumo na rotina de treinos, tendo em vista que este benefício contribui para maior estamina e performance.

Cúrcuma + pimenta-preta
A cúrcuma é uma especiaria que ganhou espaço na alimentação, principalmente pela sua eficácia na manutenção da saúde. É a fonte de curcumina, um fitoquímico que atua como potente anti-inflamatório e  antioxidante. Seu uso por praticantes de exercícios físicos parece ser vantajoso. Seus benefícios contribuem para melhorar o equilíbrio corporal e imuno-estimulante, assim, otimizando a recuperação e a performance esportiva de atletas e desportistas. A biodisponibilidade(absorção) da cúrcuma é bastante potencializada ao ser combinada com a pimenta-preta.

Guaraná
O guaraná é uma semente típica do Brasil, que contém aproximadamente 6% de cafeína, substância com propriedades efetivas à prática esportiva. A cafeína é responsável por potencializar o estímulo e a disposição física e mental no treinamento, atuando na promoção de energia, estamina e no aumento do foco. O uso do guaraná mantem o nível do glicogênio hepático e inibe a formação da enzima MAO que acarreta a depressão, especialmente na senilidade.

Proteína de arroz
A proteína de arroz é bastante utilizada na alimentação pós-treino e reposição de aminoácidos, principalmente por pessoas adeptas à dieta vegetariana. Fonte de aminoácidos de qualidade, a proteína de arroz contribui para a síntese proteica muscular após os exercícios e, ainda, tem como vantagem a melhor digestibilidade, quando comparada com as de origem animal.

Gengibre
O gengibre é uma especiaria que, quando seu consumo é associado a exercícios físicos regulares, auxilia na ativação da lipólise e, consequentemente, na queima de gordura corporal. Imuno-estimulante, antioxidante e tonico geral.

A escolha de suplementos com esses ingredientes citados é uma forma assertiva e saudável de garantir benefícios na performance esportiva, sem precisar utilizar produtos ricos em aditivos químicos e artificiais!

Referências

CARVALHO, J. et al. Perfil dos principais componentes em bebidas energéticas: cafeína, taurina, guaraná e glucoronolactona. Rev. Inst. Adolfo Lutz (Impr.), São Paulo, v. 65, n. 2, p. 78- 85, 2006.

COSTA KREWER, C. et al. Indução habitual de guaraná e morbidades metabólicas: estudo epidemiológico de uma população amazônica idosa. Phytother Res., v. 25, n. 9, p. 1397-74, 2011.

JOY, J. et al. The effects of 8 weeks of whey or rice protein supplementation on body composition and exercise performance. Nutrition Journal, v. 12, n. 86, p. 1-7, 2013.

DELECROIX, B. et al. Curcumin and Piperine Supplementation and Recovery Following Exercise Induced Muscle Damage: A Randomized Controlled Trial. Journal of Sports Science and Medicine, v. 16, p. 147-153, 2017.

Leave a Comment

O produto está esgotado no momento.

Digite o seu email abaixo e nós avisaremos você assim que o produto estiver disponível.

Nome
Email

Área restrita. Não siga este link ou você será banido deste domínio !